COMPARTILHAR

O Ensino à Distância (EAD) tem atraído muitos brasileiros a procurar algum curso e poder se especializar pensando no desenvolvimento profissional ou apenas por interesse. Para se ter uma ideia, em 2013, havia mais de um milhão de pessoas estudando nessa modalidade.

Se há benefícios? Poder criar a própria rotina de estudos, flexibilidade de horários para realizar os exames e até mesmo o preço mais acessível. Pensando no segmento, a plataforma ‘eindico’ funciona como um “Buscapé” dos cursos online. São mais de mil oportunidades gratuitas e pagas oferecidas por 40 empresas parceiras.

A startup, criada há dois anos, funciona como um site de busca e comparação de cursos online. “Na plataforma, é possível procurar o tipo de curso que você quer através de uma busca por palavra-chave, navegando pelo menu com mais de 50 opções diferentes ou através de nossas coleções”, explica o co-fundador da ‘eindico’, Marcos Lavorato.

Platadorma 'eindico' conta com mais de mil cursos online gratuitos e pagos
Usuários podem encontrar na platadorma ‘eindico’ mais de mil cursos online gratuitos e pagos

O ‘eindico’ é totalmente gratuito e o usuário, ao se cadastrar, passa a ter acesso a alguns recursos, como criar alertas e receber recomendações de cursos com base nas áreas de interesse. Entre os mais procurados estão o de “Photoshop (gratuito), Marketing Digital, Administração, Gestão da Inovação (gratuito) e Google Analytics (gratuito)”, afirma Lavorato.

Depois que buscar e comparar os cursos, o processo de compra e visualização completa das informações são feitas diretamente na página da instituição. “A ‘eindico’ dá ao usuário o poder da decisão para escolher o melhor curso na área que ele esteja procurando”, ressalta o co-fundador da startup.

Com mais de mil opções de cursos, Lavorato garante que o ‘eindico’ “expande o poder de escolha das pessoas na procura por cursos online, Cursos Online Abertos e Massivos (MOOCs, sigla em inglês), webnários, palestras, congressos e encontros online, seja com a finalidade por hobbies ou profissionalmente, com instituições e sites que estejam produzindo esse tipo de conteúdo”.

Lavorato quer fechar 2015 com mais de 10 mil cursos e mais de 100 parcerias
Lavorato quer fechar 2015 com mais de 10 mil cursos e mais de 100 parcerias na eindico

Metas
O ‘eindico’ tem dois anos e surgiu da necessidade de sanar as dificuldades de encontrar cursos e eventos. “Foi aí que vimos que a maioria das pessoas compartilhavam do mesmo problema”, diz Marcos Lavorato.

No último mês, a startup passou a focar totalmente em cursos online. A mudança de estratégia teve um resultado positivo. A base de usuários cadastrados na plataforma duplicou e são mais de 200 buscas diárias.

Com mais de 40 instituições cadastradas no site, entre elas a USP, FGV e Senac, Lavorato espera que a ‘eindico’ atinja 10 mil cursos e mais de 100 entidades até o fim de 2015. Para isso, a empresa começa a trabalhar com vários canais, mas investe principalmente em novas parcerias.

Para as empresas que queiram cadastrar um curso, Lavorato explica que as entidades “podem entrar em contado diretamente pelo site que disponibilizamos uma área administrativa para a inserção e edição de cursos”.