Notícias

Assassin’s Creed Origins chega ao Xbox One, PS4 e PC

Assassin’s Creed Origins, novo jogo da franquia da Ubisoft, já está disponível no Xbox One, PlayStation 4 e PC. A versão física para os consoles custa R$ 249,90. Já a versão digital para as mesmas plataformas tem preço sugerido de R$ 199. Para PC, o título pode ser encontrado por R$ 159,99.

Em Origins, o pano de fundo é o Egito Antigo. O jogador irá controlar Bayek, um protetor da civilização cuja trajetória pessoal irá levar à criação da Irmandade dos Assassinos.  O game traz um enorme e vivo mapa de mundo aberto e descobrirão os segredos por trás das Grandes Pirâmides, dos mitos esquecidos, dos faraós e da origem dos Assassinos.

O novo game adiciona elementos de RPG de ação. Há progressão de nível, loots e possibilidade de customizar cada habilidade do Assassino. Os jogadores experimentarão um sistema de combate inédito. A nova mecânica permite atacar e se defender de vários inimigos ao mesmo tempo e utilizar armas muito raras contra poderosos chefões.

A narrativa também foi renovada e dá total liberdade aos usuários para escolherem e completarem as missões no seu ritmo. De desertos a oásis, do Mar Mediterrâneo às tumbas de Gizé, os jogadores terão um país inteiro para explorar e enfrentar perigosas facções inimigas e feras selvagens.

Passe de temporada de Assassin’s Creed Origins

Quem adquirir o season pass do jogo terá acesso a duas expansões da história. Elas serão lançadas em janeiro e março de 2018. O jogador levará também alguns pacotes de cosméticos, 500 Helix Credits (moeda do jogo) e uma arma exclusiva e rara chamada “Calamity Blade”.

Além do passe de temporada, o game contará com diversos conteúdos gratuitos. Entre eles, o Modo Foto, os eventos temporários Trials of the Gods, um inovador e surpreendente modo educacional de exploração chamado Discovery Tour e o Modo Horda, que permite aos jogadores enfrentarem ondas intermináveis de inimigos na Arena Gladiador.

seo iphone 8 apple
Previous post

iPhone 8 já em pré-venda na TIM e na Claro

seo blockchain
Next post

[Opinião] Afinal, o que é blockchain e como ela transforma negócios?

Thulio Falcão

Thulio Falcão

Eu sou jornalista e gosto de brindar. Na falta de um par, brindo só. O importante é o copo cheio. Nada melhor que jogar videogame ou discutir tecnologia num boteco de esquina.