Notícias

Clinio: startup pernambucana cria app que conecta médicos a pacientes

O acesso à saúde talvez não seja o ideal para muitos brasileiros. O serviço público é precário e o valor gasto para manter um plano tem feito muito consumidor quebrar a cabeça na hora de organizar o orçamento. De olho no mercado de consultas populares, a startup pernambucana Epitrack desenvolveu o Clinio, aplicativo que conecta médicos a pacientes para consultas domiciliares.

A ideia do aplicativo é ligar médicos a pacientes que estejam próximos e necessitem de atendimento de baixa complexidade. Resfriados, febre, dor de cabeça, inflamações e diarreia são alguns exemplos. A plataforma, disponível para iOS e Android, já recebe cadastros dos profissionais de saúde. Para o consumidor final, a previsão é que o lançamento aconteça até a segunda metade de novembro.

Preço das consultas

As consultas no Clinio têm valor fixo de R$ 119. Do total, 75% (R$ 89,25) são do profissional. Recife, Olinda e Jaboatão são as cidades que primeiro recebem o aplicativo. Vale ressaltar que os atendimentos são de baixa complexidade, não incluindo urgências.

Como médicos se cadastram no Clinio?

Depois do download do aplicativo, o médico precisa fazer upload de foto, CRM e outros dados. As informações passam por checagem feita por inteligência artificial. Após a finalização do cadastro, o profissional escolhe a disponibilidade de atendimento e o raio para deslocamento.

Na plataforma, o médico recebe, antes de aceitar a consulta, informações dos sintomas fornecidas pelo paciente. O atendimento pode durar entre 20 e 50 minutos, a depender da especificidade do caso. O pagamento é imediato e pode ser gerenciado pelo próprio app.

seo clinio epitrack startup

Mercado

Dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) apontam que 1,4 milhão de pessoas deixou de ter planos de saúde em 2016. Além disso, o valor dos seguros, até 2030, deve subir vertiginosamente. Já um levantamento da Epitrack, junto a médicos recém-formados, mostrou que a dificuldade de inserção no mercado foi a principal queixa ouvida pela startup.

Com o Clinio, a empresa quer também aumentar a oportunidade para médicos que desejam atuar e já combinam aplicativos, como Whitebook, Bulário, GestCalc, CID10, com a rotina da profissão. “A sociedade vem em uma mudança constante e agora é a vez da saúde sofrer uma transformação digital que irá valorizar os médicos e dar acesso à saúde para a população”, acredita Onicio Leal, CEO da Epitrack, que recebeu um aporte de 2,5 milhões do fundo de investimento Criatec2.

seo just dance 2018 ubisoft
Previous post

[Análise] Just Dance 2018 para Xbox One

Next post

CESAR School abre as portas para visitação

Thulio Falcão

Thulio Falcão

Eu sou jornalista e gosto de brindar. Na falta de um par, brindo só. O importante é o copo cheio. Nada melhor que jogar videogame ou discutir tecnologia num boteco de esquina.