Notícias

Mangue.bit 2.0 quer mostrar como inovação gera negócios de impacto

Empreender e inovar são palavras cada vez mais ouvidas quando se fala em fazer negócios e gerar resultados de impacto. São processos que envolvem planejamento, práticas, sucessos, fracassos e reinvenções. É sobre isso que os 25 empreendedores convidados de Pernambuco e outros quatro Estados vão falar no Mangue.bit 2.0. O evento será realizado no dia 4 de maio, no Arcádia Paço Alfândega (Recife Antigo), das 9h às 18h.

Startups discutem ecossistemas empreendedores no Mangue.bit

Baterias Moura, Ikewai, Avantia, Porto Digital, Porto Marinho e TecSaúde estão entre as empresas e instituições que serão representadas por seus fundadores e principais executivos.

“Buscamos empresas consolidadas para mostrar como chegaram aos milhões que faturam. Mas também demos espaço para startups que estão começando, porém já com grande abertura de mercado e crescimento rápido”, comenta Lúcio Ribeiro, um dos organizadores da segunda edição. O Mangue.bit é feito de forma independente e voluntária por membros da Manguez.al, comunidade empreendedora do Recife.

Público terá um dia inteiro de programação sobre empreendedorismo nas áreas de saúde, tecnologia, segurança, entre outras.

Além dos 18 convidados para palestras e painéis, líderes de sete startups vão mostrar seus negócios através de pitches (apresentações rápidas) de 5 minutos. Entre as áreas presentes na programação deste ano estão tecnologia, segurança, saúde, entretenimento, marketing de conteúdo, investimentos e atendimento ao consumidor.

“É uma oportunidade única de ter contato direto com grandes nomes que inovam através do empreendedorismo, além de fazer conexões de negócios com outras empresas locais e de outros Estados”, destaca Filipe Marques, outro membro da organização do evento. Os ingressos custam R$ 110 e podem ser comprados no site http://bit.manguez.al.

Programação do Mangue.bit 2.0 focada em negócios inovadores

A programação do Mangue.bit 2.0 começa após o credenciamento, às 9h. Luiz Gomes, CPO da Lotebox (PE), será o responsável em apresentar o evento. Já a palestra de abertura ficará por conta de Teco Sodré, CEO e cofundador da holding Ikewai Participações e Empreendimentos e Saints Investimentos. O empreendedor vai contar a trajetória do Radix, buscador criado há quase 20 anos já fazendo o que o então “novato” Google fazia, além de mostrar como é a visão dele hoje como investidor.

Outros destaques são o debate de como negócios sociais, tecnologia, economia criativa e saúde, juntas, fomentam a inovação e abrem mercados; o crescimento do mercado de marketing de conteúdo; o engajamento de empreendedores nesses ecossistemas; além de uma apresentação sobre tendências e novas tecnologias. A programação completa do segundo ano do Mangue.bit pode ser conferida no site do evento.

Fotos e vídeo: Mangue.bit

TomTom GO: rival do Waze chega para smartphones Android no Brasil
Previous post

TomTom GO: rival do Waze chega para smartphones Android no Brasil

Cesar.LABS está com chamada aberta para aceleração de startups
Next post

Cesar.LABS está com chamada aberta para aceleração de startups

Thulio Falcão

Thulio Falcão

Eu sou jornalista e gosto de brindar. Na falta de um par, brindo só. O importante é o copo cheio. Nada melhor que jogar videogame ou discutir tecnologia num boteco de esquina.