Notícias

Recife já tem 4G da TIM na faixa 700 MHz

RECIFE – Se você é cliente TIM e usa 4G no Recife, deve ter percebido uma melhora no serviço da operadora desde o fim de semana. Na última sexta (30 de junho), a telecom ampliou a cobertura da tecnologia de quarta geração na faixa 700 MHz no Nordeste. E o melhor: sem custo adicional para o usuário. Além da Capital pernambucana, Fernando de Noronha, Natal, Fortaleza e Maceió também contam com a novidade.

Oi lança solução corporativa Wi-Fi Business

Antes de explicar sobre os benefícios do 4G em 700 MHz, é bom lembrar que a ocupação da faixa é possível devido ao desligamento da TV analógica. Junto com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a TIM antecipou essa ação em locais que o sinal analógico não possuía canal ocupando a frequência.

Usuários com smartphones que operam na faixa 700 MHz e com chip 4G podem aproveitar melhor os serviços da TIM

Com isso, clientes da operadora terão melhor velocidade de conexão, principalmente em ambientes fechados – residência, shopping, etc. Ou seja, vai ser mais fácil enviar aquele WhatsApp enquanto espera alguém na frente do cinema, ou até mesmo usar o 4G em casa para ver algum vídeo no Netflix enquanto o sono não chega. Ah, a bateria do smartphone também vai agradecer por isso! Um dos motivos é porque a frequência 700 MHz tem um alcance de cobertura até quatro vezes maior que a faixa 2600 MHz.

Como a faixa 2600 MHz é uma frequência alta, o sinal é prejudicado, ainda mais quando há barreiras. Um bom exemplo são os shoppings. Muita gente corre para o Wi-Fi do local, que já não é dos melhores, porque a rede de internet móvel não pega bem nesses espaços. Essa frequência até trouxe benefícios, como levar um número maior de usuários conectados à rede 4G, mas acaba esquentando o aparelho e reduzindo o consumo de bateria para tentar encontrar sinal.

Já a frequência de 700 MHz é mais baixa, o que permite o usuário se conectar em ambientes mais fechados. O serviço deve se manter estável porque a TIM espera deixar os todas as antenas instaladas no Recife nesta faixa. A empresa não divulgou quantas já estão ativas e quais pontos da Cidade elas se encontram. A expectativa, segundo o gerente de Engenharia de Redes da TIM Nordeste, Ageu Guerra, é cobrir 95% da Cidade até o fim de 2017.

Fernando de Noronha também já conta com a rede 4G da TIM na faixa 700 MHz

Expansão do 4G na faixa 700 MHz além do Recife

A TIM quer levar o 4G na frequência 700 MHz além. Só no Nordeste, a empresa quer ativar a solução em 568 cidades ainda este ano. Em Pernambuco, além de Recife, a meta é contemplar 72 municípios. “Sendo que em 10 delas a operadora sairá do 2G para o 4G”, afirma Ageu.

Como aproveitar o “novo” 4G da TIM?

Clientes da TIM que moram no Recife devem atentar se o smartphone já opera na frequência 700 MHz. Além disso, é importante saber se o chip da operadora também é compatível com 4G. A telecom garante que desde 2014, quando ela venceu um dos lotes do leilão de faixas promovido pela Anatel por R$ 2,85 bilhões, o portfólio de aparelhos já estão habilitados para operar nesta frequência.

Quem ainda não tem um chip 4G, a indicação é ir até uma loja da TIM para efetuar a troca. Já nas cidades do interior, onde a rede vai começar atuar na nova faixa, a operadora vai expandir a participação nesses locais. São mais de 120 pontos de vendas abertos e mais 30 em fase de credenciamento.

Wi-Fi Business da Oi quer expandir a experiência do cliente
Previous post

Wi-Fi Business da Oi: solução corporativa quer expandir experiência do cliente

Samsung quer atingir todos os públicos com a família Galaxy J
Next post

Samsung quer atingir todos os públicos com a família Galaxy J

Thulio Falcão

Thulio Falcão

Eu sou jornalista e gosto de brindar. Na falta de um par, brindo só. O importante é o copo cheio. Nada melhor que jogar videogame ou discutir tecnologia num boteco de esquina.