COMPARTILHAR

com assessoria – A Qlik anunciou o Qlik Core, plataforma para criar aplicações orientadas a dados (data-driven applications. A novidade foi anunciada durante o Qonnections e está em versão beta.

Na nova era da Economia Analítica, os desenvolvedores lidam com alto volume de dados e encontram desafios com a crescente adesão de projetos envolvendo Internet das Coisas.

Neste cenário, a Qlik identificou a procura dos usuários por abordagens mais práticas e fáceis de usar, capazes de auxiliar no desenvolvimento mais rápido de projetos.

“Os desenvolvedores são parte essencial do ecossistema que impulsiona a inovação utilizando business analytics”, diz James Fisher, vice-presidente sênior de marketing estratégico da empresa.

“Com a plataforma e outras soluções, conseguimos contato com esses profissionais em seus próprios ambientes, em escala, para dar vida a qualquer ideia de aplicativo baseada em dados”, completa.

Performance do Qlik Core

A plataforma oferece aos profissionais a capacidade de integrar análises personalizadas. Com um modelo de distribuição open-source, ela oferece suporte para uso de APIs e bibliotecas de integração com projetos que vão além dos dashboards – com componentes como halyard.js, mira.js, enigma.js, enigma-go, picasso.js e after-works.js.

Os desenvolvedores poderão trabalhar de forma mais eficiente em projetos analíticos com abordagens diferenciadas. Por exemplo, a plataforma já permite, por meio de seu modelo associativo, conexão com ambientes de IoT, isso viabiliza escalar a captura e o acesso ao repositório de dados com mais facilidade.

Ainda é possível aproveitar recursos da empresa já existentes, como o Advanced Analytics Toolbox, que disponibiliza extensões do Qlik Sense. Dessa forma, podem-se criar gráficos para análises avançadas através de ações simples como “drag and drop” (arrastar e soltar).